Av. Dr. Adhemar de Barros, 566 - Sala 1008.

(12) 4102-0710

Ligue Agora

(12) 4102-0710

Horário de Funcionamento

Seg-Sex: 09:00-20:00 Sáb :09:00-18:00 Dom: 09:00-12:00

Agenda

O seu sorriso perfeito está à um clique de distância!

Ligue Agora

(12) 4102-0710

Horário de Funcionamento

Seg-Sex: 09:00-20:00 Sáb :09:00-18:00 Dom: 09:00-12:00

Agenda

O seu sorriso perfeito está à um clique de distância!

As consequências não tão óbvias da perda de um dente!

  • Imediatamente após a perda dentaria, o osso que envolve o dente começa a reabsorver, diminuindo em volume.
  • Com o tempo, a espessura também diminui por esse processo de reabsorção, dificultando a reabilitação dos elementos perdidos naquela área.
  • Sem o suporte que os dentes perdidos ofereciam, os dentes remanescentes tendem a “migrar” para a região edêntula.
  • A sobrecarga pode fragilizar esses dentes, acarretando até mesmo em perda dentária adicional.

Importante! A perda de um dente piora o prognóstico de todos os outros dentes da boca! Seja por trauma ou acometimento periodontal, a reabilitação do dente perdido deve ser realizada o quanto antes.

Como explicado acima, o osso que envolve o dente tende a reabsorver com a perda dentária. Isso é porque o dente estimula aquele osso a manter-se ali. Muitos tratamentos reabilitadores visam não apenas a reposição do dente, mas também a preservação dessas estruturas adjacentes, principalmente o osso, diminuindo essa taxa de reabsorção, proporcionando ao paciente um prognóstico muito mais favorável até mesmo para reabilitações mais complexas, caso necessário, futuramente.

Consequentemente, a procura tardia do paciente para a reabilitação de um dente perdido (geralmente quando os problemas ocasionados por essa perda começam a afetar a qualidade de vida do paciente) piora o prognóstico de qualquer que seja o tratamento a ser realizado, além de eventualmente demandar etapas clínicas que não teriam sido necessárias caso o paciente tivesse procurado o cirurgião-dentista mais rápido.

Portanto, atenção! Nunca é bom esperar o nosso corpo mostrar sinais de que algo não está bem. De maneira geral, o nosso corpo tende a compensar pequenos problemas, mascarando-os até que se tornem sintomáticos e, portanto, problemas mais graves.

Ah, e por último, porém de forma alguma menos importante: Os pequenos que perderem algum dentinho de leite devem ser avaliados por um cirurgião-dentista imediatamente! Em alguns casos não é necessário intervenção, porém em outros, há necessidade de um acompanhamento para que a erupção dos permanentes ocorra direitinho! Não é porque os dentes são de leite que eles não tem importância! Mas sobre isso, falaremos em um outro post! 🙂

Como sempre, se tiverem alguma dúvida, estamos à disposição para respondê-la!

Até a próxima!

Felipe Peloggia

Cirurgião-dentista e sócio-fundador da INTEGRA Odonto SJC. Escreve sobre tudo o que envolve o dia a dia dentro e fora do consultório odontológico. Atua como clínico-geral, com ênfase em cirurgia, prótese e estética dentro da reabilitação oral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *